HSLG - Hospital São Luiz Gonzaga | (55) 3352-4000

História do Hospital

HOSPITAL DE SÃO LUIZ GONZAGA

A GRANDE OBRA COMUNITÁRIA DA DÉCADA DE 1940

 

                O solo de São Luiz Gonzaga é testemunho da coragem, da tenacidade de um povo que, tanto no passado como no presente, destaca-se no cenário da história.

                Esforços, lutas, sonhos, desencantos e esperanças: sentimentos que jogados ao tempo fizeram surgir obras humanitárias e de cunho social como o HOSPITAL SÃO LUIZ GONZAGA. Em nome de uma causa, extremamente nobre, os sãoluizenses uniram-se na década de 40 para realizar essa obra, bálsamo, alívio, ou cura de múltiplas dores, com o objetivo maior de amparar a todos, especialmente, os menos favorecidos.

                O altruísmo de uma comunidade fez surgir da pedra bruta, do tijolo inerte, o abrigo que traria, esperança de vida, e crença na fraternidade.

                O Hospital São Luiz Gonzaga foi fundado no dia 24 de março de 1941, durante a administração do prefeito municipal, Senhor Gustavo Langsch. Reunidos no salão nobre da “Casa Rural Missioneira” o Juiz de Direito, Doutor José Danton de Oliveira, o Comandante do 3° Regimento de Cavalaria Independente, Tenente Coronel Cariolano Ribeiro Dutra, o Reverendíssimo Vigário da Paróquia de São Luiz Gonzaga, Padre Augusto Preussler bem como: autoridades civis, militares e demais convidados, ouviram a manifestação do senhor Prefeito Municipal, expondo a finalidade da reunião. Colocada para votação a fundação do HOSPITAL DE SÃO LUIZ GONZAGA foi de imediato aprovada. A seguir foram lidos, discutidos e aprovados os  estatutos da associação. A primeira Diretoria da Instituição ficou assim constituída: Presidente: Senhor Doutor José Danton de Oliveira; 1° vice-presidente: Senhor Armando Amaral, 2° vice-presidente: Senhor Odil Martins; 1° secretário: Senhor Doutor Dinarte Vieira Marques; 2° secretário: Senhor Feliciano Hamerski; 1° tesoureiro: Senhor Edemiro Adelino Klein; Conselho Fiscal: Senhor Dinarte Vieira Marques, Senhor João Calante Júnior, Tenente Coronel Cariolano Ribeiro Dutra; Senhor Beltrão Brustoloni e Senhor Waldomiro Pereira Bastos.

                No dia vinte de maio de mil novecentos e quarenta e um os sócios do Hospital reuniram-se para apreciar a proposição do senhor Galant Júnior. A mesma concedia plenos poderes aos senhores: Coronel Cariolano Ribeiro Dutra, Gomercindo Medeiros, Gustavo Langsch, Armando Amaral e Dinarte Vieira Marques, para que resolvessem as questões técnicas, econômicas bem como o local em que seria construído o hospital. Foi então solicitado pelo Senhor Dinarte Vieira Marques que a Diretoria adquirisse o terreno indicado pela comissão pró-hospital.

                Coube a Companhia Construtora São Luizense realizar a obra, inicialmente, orçada em (quatrocentos contos de réis). Eram representantes da construtora os engenheiros: Senhor João Alves, Senhor Medaglia e o Senhor Arsemir Martel.

                Entre as intenções de doação ou venda de terreno estava a da Senhora Virgilia Medeiros (Rua Venâncio Aires), e a de um terreno localizado na esquina do clube união Operária, em frente ao presídio municipal. No entanto, foi a Senhora Margarida Vieira de Souza e o Senhor João da Cruz Vieira Marques os doadores da área localizada á rua General Portinho.

                Para a benção do local foi convidado o vigário da paróquia de São Luiz Gonzaga, Padre Augusto Preusler. Esta solenidade deu-se no dia vinte e cinco de junho de mil novecentos e quarenta e um, e ás treze horas e trinta minutos dói feito o lançamento da pedra fundamental. Foi orador da solenidade o Promotor Público Senhor Severino Tubino Machado.

                A sociedade responsável por dinamizar os trabalhos compunha-se de sócios: efetivos, beneméritos e honorários.

                Os estatutos da instituição datam de vinte e quatro de março de mil novecentos e quarenta e um, sendo os Senhores Odil Martins e Senhor Armando Amaral os responsáveis pelo registro e publicação dos mesmos no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul.

                A primeira sessão ordinária da Diretoria do Hospital ocorreu no dia dois de abril de mil novecentos e quarenta e um.

                Seguiu-se um intenso movimento na comunidade para a construção da maior obra comunitária da década de 1940, a qual abrigaria as pessoas enfermas do município e da região.

                Os primeiros serviços prestados pelo hospital tiveram na Congregação das irmãs Franciscanas da Sagrada Família, o suporte para o andamento dos diversos setores: administrativo, enfermagem, ambulatorial e  laboratorial.

                A inauguração do hospital ocorreu no dia dezesseis de maio de mil novecentos e quarenta e três, sendo o orador da cerimônia, o Senhor João Galante Júnior. No seu discurso deixou transparecer todo o entusiasmo pelo grandioso empreendimento que a comunidade Sãoluizense recebia: “... o Hospital será de utilidade, do sentimento altamente cristão, isto é, a casa onde o pobre, especialmente, encontrará lenitivas as suas dores e cura para os seus sofrimentos”.

                O primeiro Diretor Técnico Responsável pelo Hospital, foi o Doutor Gomercindo Medeiros, nomeado por carta circular de sete de maio de mil novecentos e quarenta e três, sendo o subdiretor o Doutor José Zeilmann.

                O Hospital e sua aparelhagem, estava á disposição de todos os médicos que clinicavam na época. Terapias modernas eram aplicadas nas dependências do Hospital. Médicos abnegados e obstinados, não se deixando abater diante da adversidade, percorriam os corredores da casa, verdadeiros discípulos de Hipócrates, levando esperança e força na luta pela vida. As enfermeiras, como anjos brancos, mantinham acesa a lamparina da vida.

                Às Damas de Caridade, sempre vigilantes e de mãos estendidas ao necessitado e a todos que deram sua centelha de apoio, a gratidão profunda a comunidade Sãoluizense.

 

 


Serviços

Radiologia - Raio X

Tomografia

Ultrassonografia

Agenda